07:53

Empresas, órgãos públicos e faculdades suspendem aulas e atividades na região




Nesta segunda, 16/03, diversas instituições restringiram o acesso e circulação de pessoas.O Poder Judiciário determinou medidas semelhantes com a redução de expediente ao público. As audiências devem ser limitadas aos casos realmente necessários e os prazos estão sendo adiados. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) adiou o exame nacional. No mesmo sentido, eventos institucionais estão sendo cancelados ou adiados.

Lojas maçônicas, associações, empresas e igrejas também adotaram a suspensão de atividades e o adiamento de eventos.

O Governo de Minas Gerais anunciou que as escolas da rede estadual paralisem as atividades a partir de quarta-feira, 18/03. Em decisão nesta segunda-feira, 16/03, o Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais (TRT-MG) decretou suspensão das aulas de escolas particulares no Estado entre os dias 18 e 31 de março, sob pena de multa.

Em Manhuaçu, a Polícia Civil decidiu suspender os exames de legislação de trânsito por uma semana, já que as provas eletrônicas são feitas em ambiente fechado e sem circulação de ar.

O Instituto Federal Sudeste de Minas – Campus Realeza / Manhuaçu decidiu suspender as atividades também a partir desta terça, 17. A mesma decisão foi comunicada pela Unopar e pelas Faculdades Doctum em suas redes sociais.

Em Matipó, a direção da Univértix também determinou a suspensão das aulas dos cursos mantidos pela instituição de ensino superior.

Além das aulas, não serão realizados congressos, simpósios, formaturas, eventos, serviços de refeitório e viagens internacionais.

Divulgação