09:19

996 Medidas Protetivas expedidas através das Delegacias de Proteção á Mulher da Regional de Manhuaçu




No ano de 2019 a Polícia Civil em toda área Regional de Manhuaçu obteve 996 medidas protetivas em defesa da mulher vítima de violência doméstica.

O trabalho desenvolvidos pela Delegacia de Proteção à Mulher (DEAM) junto aos 24 Municípios da Regional de Polícia Civil de Manhuaçu vem surtindo efeitos positivos. Com o maior esclarecimento às mulheres de seus direitos, cada dia mais vítimas de violência doméstica buscam a Polícia Civil para noticiar abusos praticados por seus companheiros. Ao total, 996 mulheres procuraram alguma Delegacia da PCMG na região e obtiveram proteção para si e para seus filhos contra seus agressores.

Um detalhe que chamou a atenção da PCMG foi que em nenhum caso de homicídio consumado ou tentado foi registrado contra mulheres que conseguiram a medida protetiva. Em poucos casos, quando o agressor violou a medida protetiva e se aproximou da vítima, este foi imediatamente preso em flagrante ou teve sua prisão decretada e cumprida pela Polícia Civil. Somente na comarca de Manhuaçu, 31 agressores que violaram medidas protetivas foram presos em 2019.

O SILÊNCIO PODE MATAR

Denunciar uma relação violenta é a melhor saída. Analises da PCMG em Manhuaçu possibilitam a seguinte afirmativa: O silêncio mata. A prova disso é que nenhuma mulher sofreu agressão grave após procurar proteção do Poder Público.

Projeto da PCMG pretende estrutura ainda mais a DEAM- MANHUAÇU, aumentando e facilitando o acesso de vítimas de abuso doméstico a um atendimento ainda mais eficaz.

Manhuacu.com/com informações da PC