07:49

Regional de Saúde de Manhuaçu apresenta balanço das ações pós-enchente




Passados 25 dias da enchente que acometeu boa parte dos municípios que compõem a Regional de Saúde de Manhuaçu, a equipe técnica regional apresentou nesta segunda-feira, 10/02, aos gestores e técnicos municipais, juntamente com a equipe de governo, um balanço do andamento das ações que o Estado tem desenvolvido, após decreto de emergência em 27 municípios da região.

De acordo com o superintendente Regional de Saúde, Juliano Estanislau, a equipe regional, com o apoio de técnicos do nível central da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), vem desde o início da crise trabalhando a fim de minimizar os impactos causados pelas fortes chuvas do dia 24 de janeiro. “Os trabalhos iniciaram aos primeiros sinais de alerta emitidos pela Defesa Civil e não pararam desde então. Formamos um comitê para enfrentamento da crise formado por: direção da Regional de Saúde, Núcleo de Vigilância Epidemiológica, Núcleo de Vigilância Ambiental, Vigilância de Agravos Transmissíveis, Núcleo de Redes, Núcleo de Gestão, Núcleo de Assistência Farmacêutica, Núcleo de VISA e Núcleo de Regulação”, detalhou.

Anúncio

O superintendente explicou, ainda, que assim que foi restabelecido o acesso, foi iniciado o trabalho de identificação in loco da situação real das cidades que entraram no decreto de emergência do Governo de Minas Gerais. “Foi realizado um intenso trabalho de gerenciamento da crise com identificação de perdas de insumos e estrutura operacional do aparelhamento da saúde nos municípios. Paralelo a esse diagnóstico inicial, estabelecemos um canal permanente com o Comitê Estadual de Enfrentamento da Crise e Subsecretarias envolvidas, visando restabelecer de forma emergencial as principais demandas dos municípios atingidos”, explicou Juliano Estanislau.

De acordo com a coordenadora de Vigilância dos Fatores de Riscos não Biológicos da SES-MG, Michelle Souza, uma equipe formada por membros da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, Secretaria Estadual de Defesa Social e SES-MG iniciou nesta segunda-feira (10/02), um trabalho de análise aérea dos municípios atingidos pela enchente. “Estamos visitando e coletando informações importantes. Além disso, temos oportunidade de ouvir gestores e planejar ações para minimizar os danos causados”, pontuou a coordenadora.

Anúncio

BALANÇO DAS AÇÕES

Dos 34 municípios que fazem parte da área de abrangência da Regional de Saúde de Manhuaçu, 27 entraram no Decreto Estadual de Situação de Emergência. Entre elas, nove cidades registraram óbitos, que ao todo somaram 22. Foram distribuídas 22.220 doses da vacina contra Hepatite A e 4.670 doses da vacina DT. Também foram entregues 12.150 seringas e agulhas. Foi feita, ainda, a reposição de medicamentos antirretrovirais, reposição de estoque estratégico, estoque de insulina e reposição de medicamentos especializados. Foram distribuídos 400 litros de inseticida Malathion e 18.500 frascos de hipoclorito para tratamento de água, entregues 2.600 cartazes e 22 mil panfletos da campanha contra dengue, além dos kits de calamidade enviados pelo Ministério da Saúde.

Antônio Rodrigues / ASCOM SRS Manhuaçu