07:57

Brenda Pereira é destaque em estreia no Internacional de Tiro Esportivo da Alemanha




Os maiores nomes do Tiro Esportivo Mundial estão reunidos na Alemanha para participar da RWS Cup 2020 e em seguida, na Holanda, para InterShoot, importantes competições internacionais do esporte.

A manhuaçuense Brenda Pereira, de apenas 15 anos, faz parte da Seleção Brasileira de Tiro Esportivo, defendendo a equipe na modalidade Carabina de Ar.

Anúncio

Brenda atira ao lado do medalhista olímpico Felipe Wu e dos Campeões Mundiais Julio Almeida e Cassil Rippel. Nesta data, Brenda participou da RWS Cup 2020, alcançando 610 pontos, batendo seu recorde pessoal na prova.

“É uma prova dificílima e que demanda muita concentração e treinamento do atleta, o recorde mundial nessa prova é 634, e Brenda fez 610, isso para nós já é uma grande conquista!” ressalta Luciano Pereira, pai de Brenda e responsável pelos seus treinamentos.

Anúncio

Brenda agora se concentra para as diversas provas que disputará ainda em Dortmund e Munique/Alemanha e também em Hague, Holanda.

Para Luciano e Elizângela, ter sua filha disputando provas internacionais, representando o Brasil, na Europa, é uma felicidade muito grande e uma satisfação pessoal inigualável, pois as dificuldades enfrentadas no dia a dia da família são superadas pela força de vontade e determinação da menina.

Brenda Pereira é atleta do Projeto TEAR – Tiro Esportivo Adaptado de Rendimento, desenvolvido pelo Clube de Tiro Guardiões do Caparaó, em Manhuaçu.

O desenvolvimento do Projeto é realizado exclusivamente pelos membros do Clube de Tiro e recebe apoio por parte do Secretário de Esportes de Manhuaçu Janinho, bem como da Prefeitura Municipal de Manhuaçu com a seção do espaço para realização das etapas do Campeonato Mineiro em Manhuaçu.

Segundo o Coordernador do Projeto TEAR, Wilson Moura, “é uma satisfação muito grande e sentimento de dever cumprido por parte do Clube de Tiro em termos um de seus atletas conquistando mundiais, como é o caso da Brenda, na Alemanha e de Alessandro Trevizano na África do Sul. Encontramos muitas dificuldades ao longo do caminho, principalmente com relação ao local onde realizamos as provas e treinamentos dos atlestas, que é muito precário, bem como à participação do poder público que ainda é pequena, mas aos poucos vamos conquistando espaço.”

O projeto é inscrito no programa Minas Olímpica e todo empresário que quiser participar, revertendo o ICMS para o projeto, ele está aberto a captação de recursos, basta entrar em contato com a direção do Clube ou coordenção do projeto, por meio do tel 31 97587-8190.

Divulgação