07:39

Após furto, PM recupera celular, apreende cocaína, crack e dá prejuízo de R$ 10 mil ao tráfico




As centenas de papelotes de cocaína e as dezenas de pedras de crack foram localizadas em uma casa do Centro São João do Oriente, durante uma ação policial neste sábado, 11/01. A Polícia Militar deu um prejuízo de cerca de R$ 10 mil ao tráfico de drogas.

Soldado Ricson informou à TV Super Canal que a ocorrência teve início após a Sala de Operações da Fração (SOF) receber informações de que havia ocorrido um furto de celular. “Fizemos contato com a vítima e ela alegou que havia um indivíduo rondando próximo à sua residência. De posse dessas informações, fomos até a casa desse indivíduo, onde a mãe dele franqueou a entrada da PM e com ele foram encontradas duas pedras de crack. Ele nos afirmou que havia trocado esse aparelho celular por cinco pedras de crack e já tinha feito o uso de três. Foi encontrado com ele também o chip do celular e um cachimbo e um isqueiro para usar a referida droga”, disse o soldado Ricson.

Anúncio

Depois de chegar a esse usuário, de 33 anos, os militares foram até a casa do indivíduo onde ele havia trocado o celular pelas pedras de crack. “Os pais dele franquearam a nossa entrada, onde encontramos em sua posse o celular que havia sido furtado, ou seja, esse autor receptou esse aparelho. Posteriormente, fizemos mais buscas no interior da residência, onde encontramos 114 pedras de crack dentro de um tênis desse indivíduo em um guarda-roupa. E localizamos dentro de uma sacola plástica na gaveta do guarda-roupa 401 papelotes de cocaína. Vale enfatizar que, com essa ação que poderia ser apenas um furto, se tornou uma ocorrência de tráfico, ou seja, muito maior. Esse segundo autor afirmou que vendia cada pedra de crack por R$ 10 e cada papelote de cocaína por R$ 20. A PM conseguiu retirar de circulação quase R$ 10 mil em drogas”, disse o soldado da PM.

O usuário suspeito do furto do celular e o indivíduo, de 41 anos, preso em flagrante por suspeita de tráfico de drogas e de receptar o aparelho, foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Caratinga para as demais providências do delegado de plantão.

Anúncio

“Ele [suspeito do tráfico] é conhecido do meio policial e existem várias denúncias de que ele praticava esse ato ilícito”, completou o soldado.

TV Super Canal