outubro 24, 2019 7:58 am

Saúde de Manhuaçu disponibiliza caneta de insulina de ação ultrarrápida




A Prefeita Cici Magalhães e a Secretária M. de Saúde consolidaram mais um avanço para o atendimento à população, com a entrega da primeira caneta de insulina de ação ultrarrápida para pacientes com diabetes tipo 1, que necessitam de injeções diárias do medicamento. O dispositivo tecnológico reduz o incômodo na aplicação, aumenta a precisão da dose e pode ser usado imediatamente antes da refeição, entre outras vantagens.

O primeiro usuário beneficiado com a caneta de insulina foi o garoto Alif Fernandes de Souza, de 06 anos de idade e residente no B. Lajinha. Além da Prefeita e da Secretária de Saúde, também participaram da entrega a Coordenadora da Atenção Primária, Marizy Vasconcelos; Coordenador de Assistência Farmacêutica, Flávio Reis; Farmacêutica da Atenção Básica, Liliana Pimentel e a farmacêutica do NASF, Kelem Miranda.

A conquista da caneta de insulina facilita a vida e ameniza para o pequeno Alif Fernandes de Souza Gomes, uma vez que ela pode ser transportada pelo paciente, pois, suporta até 46 dias sem a necessidade de ser colocada na geladeira.

Os pais do garoto, Márcio Gomes e Adepaula Carla de Souza, contam que quando ouviram falar da caneta de insulina, começaram a sonhar com a possibilidade de conseguir para o filho o equipamento, para tornar menos doloroso o tratamento. Adepaula de Souza explica que, a caneta de insulina veio num bom momento, pois, o filho nos últimos dias ficava tenso ao perceber o preparo do medicamento. “Agora, a aplicação ficará mais fácil. O novo método disponibilizado pela Secretaria Municipal de Saúde aliviará o sofrimento. Tenho certeza de que ele ficará menos tenso, e, até aplicar a insulina com a caneta de fácil manuseio”, destaca a mãe.

A família do Alif integra o grupo educativo de insulina dependente da ESF Lajinha que, com o apoio da equipe do NASF, trabalha todas as informações sobre o tratamento.

AVANÇOS NO TRATAMENTO

O anúncio da distribuição da insulina análoga rápida em caneta é considerado um avanço na rede pública. Segundo o coordenador de Assistência Farmacêutica, Flávio Reis, a Secretaria Municipal de Saúde alinhou as exigências conforme as determinações do Ministério da Saúde, para aquisição do equipamento. De imediato, o município fez o levantamento sobre o número de pessoas, para que pudesse ter um tratamento humanizado e eficiente. “Hoje são 800 pessoas, que usam a insulina. Agora com a caneta, que possui uma agulha superfina, o procedimento será facilitado em vários aspectos, sobretudo, para as crianças receberem o medicamento”, explica Flávio Reis.

A Prefeita Cici Magalhães e a Secretária Municipal de Saúde, Dra. Karina Gama, relataram que essa é uma importante conquista para o município, pois, possibilita um tratamento menos doloroso às pessoas que usam a insulina. “Esse é o nosso compromisso, para darmos o necessário a garantir qualidade de vida e uma saúde humanizada”, completa Karina Gama.

Assessoria de Comunicação