outubro 14, 2019 8:20 am

Paróquia do Bom Pastor recebe milhares de participantes para o DNJ 2019




Com muito júbilo, a Paróquia do Bom Pastor, em Manhuaçu, recebeu milhares de participantes para celebrar o Dia Nacional da Juventude (DNJ), na tarde deste domingo, 13. O evento contou com a participação de nove paróquias, que integram a Forania de Manhuaçu.

Durante o trajeto, os jovens demostraram espiritualidade, fé, esperança e energia positiva ao sentirem o espaço dedicado a eles, sobretudo a busca de Deus na caminhada diária, bem como o momento de reflexão diante do tema escolhido.

Ao longo do trajeto, numa tarde de altas temperaturas, moradores saudaram os participantes com jatos d’água, numa demonstração de alegria ao verem tantos jovens unidos pela fé.

Com um tema bastante sugestivo sobre “Juventude e Políticas Públicas: uma história nos chama à civilização do amor” e lema “Eu vim para que todos tenham vida” (Jo 10,10), em comunhão com a Campanha da Fraternidade:

“Fraternidade e Políticas Públicas”, os jovens puderam perceber o quanto é importante a participação deles na sociedade, para que haja uma verdadeira transformação.

Eles foram recepcionados na Avenida Getúlio Vargas (Coqueiro), de onde saíram em caminhada até a Igreja Bom Pastor para a acolhida, início das atividades e encerramento com a celebração da Santa Missa, celebrada pelo pároco, Pe. Heleno Raimundo e concelebrada pelos padres Sebastião Santana (Bom Pastor), Welton (São Lourenço) Marcos (Manhumirim), Anderson Correa (Luisburgo), além dos diáconos, fráteres Matheus Garbazza e Adriano.

Servo de Deus é lembrado no DNJ

Uma peça teatral foi preparada pelos jovens da Paróquia do Bom Pastor, lembrando o missionário Servo de Deus, padre Júlio Maria de Lombaerde.

Em detalhes, os jovens mostraram passo a passo a vinda do missionário. A narrativa diz que em 1928, parte para Manhumirim, através do convite e todo o apoio de Dom Carloto Fernandes, Bispo de Caratinga.

Durante 16 anos, sendo o pároco, o formador do seminário e o mestre de suas congregações religiosas. Também se dedicou à imprensa, com o seu jornal.

Fundou três congregações religiosas: Filhas do Coração Imaculado de Maria, Missionários de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento e Irmãs Sacramentinas de Nossa Senhora.

O jovem Samuel Ferreira de Souza, 15 anos, interpretou, na encenação apresentada no DJN, a chegada do Missionário na região. Ele conta que teve 15 dias para estudar sobre a chegada do religioso, que tem um significado muito importante para todos, principalmente para a juventude.

“Padre Júlio foi uma pessoa que dedicava seu tempo aos jovens, demonstrava preocupação em formar cristãos, responsáveis para integrar a sociedade àquela época”, ressalta Samuel Ferreira.

O pároco do Bom Pastor, padre Heleno Raimundo destacou durante a homilia sobre o tema do DNJ 2019. Sem esconder o otimismo, padre Heleno Raimundo disse que a paróquia Bom Pastor sentiu-se muito feliz com a presença dos cerca de cinco mil jovens, das nove paróquias que participaram.

“Com esse encontro, esperamos que nasça a vontade do engajamento de cada um, na vida da comunidade. A participação de muitos encanta e chama outros para vivenciar momentos lindos como o que aconteceu”, disse padre Heleno. A próxima paróquia a sediar o Dia Nacional da Juventude 2020, será a Paróquia de Sant Ana (Santana do Manhuaçu). Por coincidência, o sorteio foi realizado pelo padre Sebastião Santana.

Eduardo Satil – Tribuna do Leste