outubro 11, 2019 9:04 am

Com apoio da Câmara de Manhuaçu, HCL volta a atender pelo IPSEMG




Suspensos há mais de três meses, os atendimentos aos beneficiários do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) no Hospital César Leite (HCL), em Manhuaçu, serão retomados a partir desta sexta-feira, 11/10. A informação foi confirmada pelo instituto ao Presidente da Câmara de Manhuaçu, vereador Inspetor Juninho Linhares, e aos vereadores Professor Giovanni e Administrador Rodrigo.

Desde que o contrato venceu e o HCL parou de atender aos mais de 16 mil servidores e seus familiares, a Câmara de Manhuaçu encaminhou ofícios à direção do hospital e do instituto. Representantes do Sind-UTE também estiveram na reunião do mês de setembro para que houvesse a intervenção do Legislativo visando a normalização dos atendimentos pelo Ipsemg.

Além disso, por mais de uma vez, os vereadores Juninho Linhares, Administrador Rodrigo e Professor Giovanni estiveram na Assembleia Legislativa, na Cidade Administrativa e no IPSEMG. Outras reuniões foram feitas com o HCL.

“Acabo de receber a confirmação de que a partir desta sexta serão retomados os atendimentos (pelo Ipsemg) no Hospital César Leite aos servidores públicos do estado da região, aposentados e pensionistas e seus familiares. Como policial civil senti na pele a falta que isso estava gerando e agradeço aos colegas da Câmara Municipal por terem trabalhado conosco para o fim dessa pendência. Enfim, foi um esforço conjunto”, destacou Juninho Linhares.

Em setembro, após diversas intervenções da Câmara de Manhuaçu, o HCL chegou a confirmar que iria assinar o novo contrato. Infelizmente, por questões burocráticas e de documentação, a assinatura ainda demorou alguns dias, sendo efetivada nesta quinta.

O vereador Administrador Rodrigo pontuou que esteve pessoalmente no HCL e no IPSEMG em nome dos servidores estaduais da região. Ele citou que o hospital enfrentava dificuldades com a falta de repasse financeiro por parte do governo estadual, no entanto, a nova gestão do IPSEMG regularizou grande parte do pagamento que estava atrasado. “Estivemos reunidos com as duas partes, buscamos documentos que mostravam que o IPSEMG já estava regularizando os pagamentos e agora podemos dizer que todo esforço resultou no ato de assinatura do novo contrato. Nosso objetivo foi alcançado”, afirmou.

Professor na rede estadual de ensino, o vereador Giovanni Mageste Hott destaca que a suspensão dos atendimentos estava obrigando os funcionários estaduais a irem para outras cidades e muitos tiveram enormes dificuldades. “O que mais nos entristece é que os servidores tiveram os valores descontados dos salários e não tinham o atendimento aqui. Finalmente, depois dessa mobilização, reuniões e nossos pedidos, chegamos a uma solução. Espero que o instituto faça sua parte e isso não aconteça novamente. O servidor paga para ter esse atendimento”.

O assunto foi tema de reuniões exaustivas no plenário da Câmara de Manhuaçu em agosto e setembro. Diversos vereadores manifestaram a necessidade de retomada do atendimento e pediram mais agilidade.

Assessoria de Imprensa