setembro 5, 2019 7:51 am

Alunos vencedores de concurso visitam Supermercado como fiscais




A expectativa misturada a alegria era percebida no rosto dos 11 alunos do 2º ano do Ensino Fundamental, da Escola Municipal Sônia Maria Batista, situada no bairro Santa Luzia, ao chegarem a um supermercado na área central da cidade, para serem fiscais por uma hora. A visita aconteceu na tarde desta terça-feira, 03/09.

>>VEJA AS FOTOS ABAIXO DESTA REPORTAGEM

Eles participaram do concurso de desenho promovido pela Vigilância em Saúde, com o tema “Se tem saúde, tem Vigilância Sanitária” e os vencedores foram conhecidos na segunda-feira, 02/09. Ainda tiveram os trabalhos expostos no mural da escola, que levou o nome de Fiscal Sanitário Mirim.

Nesta terça-feira, as equipes das Vigilâncias em Saúde, Sanitária e Epidemiológica recepcionaram os 11 alunos, acompanhados dos professores para a árdua tarefa de atuarem na inspeção em todas as sessões do supermercado.

Usando jalecos, toucas e crachás, os fiscais mirins iniciaram o trabalho, juntamente com os fiscais sanitários. Seguindo as instruções dos agentes e observados por funcionários do estabelecimento, rapidamente eles descobriram como conferir a data de validade do produto, exposição das mercadorias e quais medidas devem ser tomadas, caso encontre produtos vencidos.

Victor Hugo, de 8 anos, participou do projeto “Fiscal Mirim – Fiscalização Educativa” e fez parte do grupo que realizou o trabalho de inspeção em conjunto com os fiscais sanitários. Ele disse que ficou encantado com o que pôde vivenciar e aprender na prática. “Eu e meus colegas gostamos demais. Foi ótimo ser Fiscal Mirim com os demais. Aprendi que o produto precisa ter qualidade e, se a data de validade estiver vencida temos de agir”, disse fiscal mirim.

A diretora da Escola Sônia Maria Batista, Amélia Delôgo disse que a iniciativa foi importantíssima, para criar nos alunos uma nova filosofia de vida. Também elogiou o trabalho da equipe de Vigilância em Saúde, que propôs o tema.

Ao falar do projeto “Fiscal Mirim – Fiscalização Educativa”, a diretora de Vigilância Ambiental, Lorena Gonçalves enalteceu a importância de despertar nas crianças à vontade em saber sobre o trabalho, participando de todas as etapas de uma fiscalização na prática.

Destacou ainda o trabalho da coordenadora de Vigilância Sanitária, Ana Paula Amaral Costa Teixeira e da coordenadora de Epidemiologia, Ana Paula de Miranda Fernandes, além dos fiscais sanitários Afonso, Silvério, Pedro, Luane, Débora e da farmacêutica Fran.

“Todos foram fundamentais para que tudo desse certo, desde a criatividade à ação para a realização do projeto Fiscal Mirim. Professores também foram importantíssimos. Novas idéias vão surgir e, com certeza estaremos trabalhando projetos interessantíssimos”, comenta Lorena Gonçalves.

Secretaria de Comunicação Social – Prefeitura de Manhuaçu