junho 24, 2019 12:53 pm

Jovem é preso acusado de tráfico e menores apreendidos por arremessar pedras em viatura




A Polícia Militar realizou operação antidrogas neste domingo, 23/06, e deparou com um indivíduo já conhecido no meio policial se escondendo no interior de um lote às margens da Avenida Palmeiras, Bairro Matinha, em Manhuaçu.

O acusado, ao perceber que seria abordado, este tentou fugir para os fundos do lote, sendo perseguido pela viatura. Ato contínuo, a equipe encontrou uma sacola contendo um papelote de cocaína médio, um papelote de cocaína pequeno, um celular, uma balança de precisão e sacolinhas de chup-chup. O jovem passou a resistir e tentar fugir do local, sendo este algemado, mesmo assim continuou resistindo e passou a desferir chutes e cabeçadas contra os militares.

Neste momento, o jovem passou a gritar incitando os demais moradores do bairro, e tendo em vista que versa em desfavor do mesmo inúmeras informações que dão conta de que seria ele um dos ‘chefes do tráfico’ no bairro, diversos adolescentes/maiores passaram a arremessar pedras contra a guarnição, sendo necessário realizar intervenção contra os infratores, tendo o indivíduo novamente tentado resistir e se atirado para trás, jogando o militar ao solo, sendo que apenas cessou a resistência quando da chegada das demais equipes.

Com a chegada das demais equipes, foram localizados os adolescentes que foram identificados pela equipe como uns dos infratores que arremessaram pedras contra esta equipe, com o objetivo claro e manifesto de impedir a prisão do jovem, sendo eles apreendidos pelos atos infracionais análogos aos crimes de associação para o tráfico de drogas e ameaça.

Quando deslocavam para confecção do registro, um adolescente se apresentou, o qual assumiu a propriedade da droga, relatando que faz a venda do entorpecente pelo valor de R$ 50,00 a bucha, porém não soube precisar o valor pelo que adquiriu a droga ou mesmo quis relatar de quem a adquiriu, motivo pelo qual foi apreendido pelo ato infracional análogo ao crime de associação para o tráfico de drogas e favorecimento pessoal, pois não estava no local nem mesmo pode precisar onde foi localizada a droga.

Todos os envolvidos foram encaminhados a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Durante a resistência do jovem, ele veio a puxar a algema e lesionar o dedo indicador da mão esquerda do militar e em seguida jogar o outro ao solo, vindo ambos a caírem resultando em escoriações em ambos, sendo estes também atendidos na UPA.

Todos eles foram conduzidos para a delegacia.

Manhuacu.com/com informações da PM