junho 1, 2019 9:05 am

Rapaz é morto próximo de sua residência na Vila Formosa em Manhuaçu




Claudinei Gonçalves, 31 anos, foi morto durante a madrugada deste sábado, 01 de junho, na Rua José Egídio, na Vila Formosa, região entre Manhuaçu e Ponte do Silva. Ele foi esfaqueado. O suspeito de 18 anos, foi preso pelos policiais.

A equipe da Polícia Militar foi acionada por moradores relatando que havia uma pessoa caída na rua. Testemunhas relataram que, por volta de 3 horas, Claudinei foi chamado por alguém no portão de casa e estava embriagado. Ele subiu a rua e foi ferido na região do tórax, próximo ao coração, com um golpe de faca.

FOICE

Para entender a suspeita da autoria do crime é preciso buscar outra informação. Horas antes, às 23 horas de ontem, Claudinei aparece em outra ocorrência em que está o suspeito.

Segundo registro policial, a vítima foi retirada de um bar por seu irmão. A equipe da PM foi ao local e desarmou o suspeito, que se encontrava na porta da casa de um morador ameaçando-o uma foice.

O jovem de 18 anos alegou que estava ali para “acertar as contas com o morador, pois estava tomando cervejas no bar, esbarrou sem querer em um indivíduo (Claudinei), que não gostou e lhe deu um soco no rosto. Os dois rolaram no chão, trocando socos e chutes”. Foi o tal morador que separou a briga. Claudinei não havia sido localizado.

O indivíduo e o morador foram levados para o registro da ocorrência no posto policial no centro de Manhuaçu. Foi agendado comparecimento na Justiça. A vítima da ameaça foi liberada, pegou um táxi e foi embora.

Depois, o autor das ameaças foi liberado. A suspeita é que ele tenha voltado para Vila Formosa e ido até a casa de Claudinei, cometendo o homicídio.

A equipe da PM encontrou a faca escondida próxima ao tanque de lavar roupas. Ele aparentemente lavou as mãos para limpar-se do sangue e deixou a arma do crime no local.

Ele foi localizado escondido numa casa numa lavoura na região de Vila Formosa na manhã deste sábado.

Tribuna do Leste