maio 30, 2019 8:03 am

Polícia Civil prende quatro pessoas em Manhuaçu e região




A Polícia Civil de Minas Gerais por intermédio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher – DEAM da 6ª Delegacia Regional de Polícia de Manhuaçu, sob o comando da Delegada de Polícia Dra. Adline Ribeiro de Mello Rodrigues, efetuou o cumprimento de mandado de prisão preventiva em desfavor de um rapaz, o qual é investigado pela prática dos crimes de ameaça, lesão corporal e desobediência de medidas protetivas contra sua ex companheira.

O investigado, constantemente, ameaçava e perturbava a vítima em seu local de trabalho (o que teria ocasionado até a demissão da vítima). O investigado demonstrou total desrespeito pelas medidas protetivas e, mesmo cientificado das proibições decorrentes da cautelar imposta, continuava procurando a vítima para ameaçá-la e agredi-la. Dessa forma, a vítima procurou a Delegacia da Mulher para requerer novas providências policiais e a delegada da mulher representou pela prisão preventiva do investigado, o qual foi preso e conduzido a esta delegacia e após os procedimentos para efetivação do cumprimento da determinação judicial, foi recolhido ao Presídio de Manhuaçu, onde se encontra à disposição da justiça.

A POLÍCIA CIVIL mantém o compromisso de coibir, com celeridade e rigor, os atos de violência contra a Mulher.

MUTUM: PRESOS ENVOLVIDOS NA MORTE DE EX-PRESIDIÁRIO

A Polícia Civil através de equipes polícias Mutum e de Lajinha, nesta quarta-feira, 29/05, deram cumprimento a Mandados de Prisão Temporária, expedidos pelo justiça em desfavor de um homem de 42 anos e outro de 44 anos, os quais são investigados como executores de um ex.presidiário, que na ocasião estaria morando sozinho numa casa abandonada na Região de Novo Horizonte, Distrito de Imbiruçu, no Município de Mutum.

 

Foi apurado que os envolvidos e a vítima estavam num churrasco na casa de um dos indivíduos, se desentenderam após consumo de bebida alcoólica, e se armaram com machado e tronco de árvore de café, e o seguiram até a casa onde ele ficava e o executaram, e em seguida o arrastaram, jogando-o numa ribanceira para simular que o mesmo tivesse se acidentado.

Deste crime também participou um terceiro homem que ainda está foragido.

O envolvido de 42 anos já estava detido por outro crime e nesta data foi preso novamente, junto com o outro indivíduo de 44 anos.

Após a formalização dos cumprimentos dos mandados de prisão pela Autoridade Policial, eles ficarão a disposição da Justiça no Presídio de Manhumirim.

MANHUAÇU: TAXISTA É PRESO ACUSADO DE ESTUPRO DE VULNERÁVEL

A Polícia Civil de Minas Gerais por intermédio da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher – DEAM da 6ª Delegacia Regional de Polícia de Manhuaçu, sob o comando da Delegada de Polícia, Dra. Adline Ribeiro de Mello Rodrigues, efetuou o cumprimento de mandado de prisão preventiva em desfavor de um rapaz , o qual foi denunciado pela prática do crime de estupro de vulnerável.

As investigações apontaram que o denunciado (o qual é homossexual e casado legalmente com um homem) teria abusado sexualmente da filha de uma antiga amiga do casal. O acusado teria mantido relação sexual com a vítima no quarto da mãe da menor, sendo que os encontros eram marcados pelas redes sociais.

O exame de corpo de delito realizado confirmou os abusos sexuais e constatou que ocorreu violência sexual (ruptura himenal) e sexo anal. Ainda no decorrer das investigações foi confirmado que o acusado é portador do vírus HIV e que, durante os abusos, não usou preservativo, expondo a menor a risco de contaminação.

Diante dos fatos, a delegada da mulher representou pela prisão preventiva do acusado, o qual foi preso e conduzido a esta delegacia e após os procedimentos para efetivação do cumprimento da determinação judicial, o rapaz foi recolhido ao Presídio de Manhuaçu, onde se encontra à disposição da justiça.

A POLÍCIA CIVIL ALERTA sobre a necessidade de que os pais fiscalizem as atividades dos filhos nas redes sociais, pois, na maioria dos casos, os abusadores utilizam-se das redes sociais para angariar a confiança das vítimas.

MATIPÓ: HOMEM É PRESO ACUSADO DE ABUSAR DA ENTEADA DE 4 ANOS

A Polícia Civil iniciou investigações após ser acionada pelo Hospital e Conselho Tutelar após duas crianças darem entrada no Hospital Cristo Rei com suspeita de terem sido molestadas.

Após várias diligências dos investigadores e escrivã de polícia, o Delegado então representou pela prisão preventiva do investigado, tendo o Juiz decretado a prisão preventiva.

Nesta quarta-feira, 29/05, oito investigadores de Abre Campo/ Matipó /Santa Margarida realizaram diligências para encontrar e prender o cidadão que teria evadido para casa de parentes em Abre Campo.

No fim da tarde ele foi preso em Abre Campo e encaminhado ao presídio, após procedimentos de praxe na Delegacia de Abre Campo.

As investigações serão encerradas em 10 dias com envio do Inquérito à Justiça.

As crianças já tiveram alta médica e estão sendo acompanhadas por equipe multidisciplinar.

Manhuacu.com/com informações da Polícia Civil