maio 29, 2019 12:50 pm

92 anos: Hospital César Leite é o 22º em número de atendimentos pelo SUS em MG




O Hospital César Leite é o 22º que mais atendeu pacientes pelo SUS em 2018. O número faz parte do balanço das ações executadas, divulgado pelo Provedor do Hospital César Leite, Sebastião Onofre Carvalho, nesta quarta-feira, 29 de maio, aniversário de 92 anos do hospital.

Os investimentos e atividades possibilitaram ao HCL prestar 9.557 atendimentos em 2018 através do Sistema Único de Saúde, um crescimento de 10% em relação a 2017. Isso representa 67,4% do total de serviços prestados pelo hospital no ano passado.

O provedor Sebastião Onofre Carvalho fala que a instituição é sem sombra de dúvidas a que mais atende ao SUS em toda a região. O número é o dobro dos hospitais de Ponte Nova e Viçosa e quase cinco vezes mais que o segundo colocado na microrregião de Manhuaçu.

Em relação ao estado, há de considerar que o município de Manhuaçu é o 43º em número de habitantes. Como o HCL é um hospital regional, que abrange pacientes de mais de 30 municípios, ele se consolidou como uma referência em saúde. No ranking estadual de atendimentos do SUS ele é o 22º colocado na lista de 471 hospitais mineiros. Antes dele, estão nove hospitais de Belo Horizonte e unidades de cidades de grande porte, como Uberlândia, Juiz de Fora, Contagem, Betim, Governador Valadares, Uberaba e Divinópolis. Comparando com cidades do mesmo porte, o HCL fica em primeiro lugar.

RESOLUTIVIDADE ALTA

Em 2018, foram 14.689 internações, um aumento de 6,9% em relação ao ano anterior. Foram 1.224 internações/mês. Desse total, somente 236 tiveram que ser transferidas para outros hospitais (1,6% do total).

Sebastião Onofre Carvalho explica que 92 casos foram de gestantes e recém-nascidos. “Isso demonstra que a Unidade Neonatal (inaugurada em fevereiro) irá suprir essa demanda. Se já tivéssemos esse serviço no ano passado, só teríamos transferido 144 pacientes. Isso mostra o tanto que o HCL é um hospital resolutivo”, afirmou.

O HCL tem nove salas cirúrgicas e foram realizadas 9.838 cirurgias em 2018. A média 819 cirurgia/mês. Aumento de 5,9% em relação a 2018.

Foram 3.525 partos no ano passado. Um aumento de 9% com média de 293 partos/mês. Desse total, 2.221 partos (63%) foram pacientes do SUS.

O Hospital César Leite foi o 18º hospital em internações obstétricas pelo SUS em Minas Gerais no ano passado.

INVESTIMENTOS

Sebastião Onofre Carvalho conta que todos os números mostram a dedicação de todos os colaboradores, diretoria, conselho e corpo clínico do Hospital César Leite para manter uma gestão eficiente, transparente e sólida numa instituição filantrópica que completa 92 anos de existência.

Ao lado disso, houve importantes parceria com recursos disponibilizados através de emendas parlamentares de deputados federais e estaduais. Nos últimos anos, foram realizados investimentos em obras, reformas físicas, aquisições de equipamentos, qualificação e melhorias em recursos humanos. “Todos esses esforços possibilitaram a ampliação do número de atendimentos através do SUS”, salienta.

Comemorando seus 92 anos, com as obras do novo prédio, o Hospital César Leite sabe que tem muitas vidas para cuidar pela frente. Nesse tempo todo, orgulha-se de manter o propósito filantrópico fixado pelo médico e fundador João César D´Oliveira Leite: “A divina missão de aliviar a dor”.

Assessoria de Imprensa