maio 10, 2019 7:42 am

Polícia Civil prende homem acusado de aplicar golpe usando documentos de terceiros




Na terça-feira, 07/05, a Delegacia Regional de Polícia Civil de Manhuaçu recebeu ligação da empresa GT Minas Express informando a prática de suposto crime de estelionato, pois a mesma pessoa que foi buscar as mercadorias havia se identificada, anteriormente, com outro nome.

A equipe deslocou-se imediatamente ao local e flagrou a ação delituosa. O indivíduo já havia assinado a nota fiscal e carregado a mercadoria para seu veículo, na qual resultou a prisão em flagrante do mesmo, apreensão do veículo e dos materiais.

De acordo com o registro, ele comprava mercadorias de diversas empresas com dados pessoais de terceiros sem o conhecimento desses. Assim que as empresas enviavam as mercadorias para a transportadora e antes de serem entregues ao endereço constante na nota fiscal, o homem retirava os produtos em nome das vítimas.

Na casa dele foram encontradas caixas contendo vários produtos novos e notas fiscais em nome de outras vítimas. A equipe entrou em contato com uma das vítimas que afirmou não ter conhecimento das compras e que residia em Manga/MG. As investigações continuam a fim de apurar os fatos, bem como o envolvimento de terceiros na ação criminosa.

Manhuacu.com/com informações da PC