abril 22, 2019 1:30 pm

Hilux estacionada na Baixada é clonada e tinha drogas em seu interior




Uma Hilux com placa do Rio de Janeiro estacionada em ponto de ônibus em frente a uma agência bancária na região da Baixada, em Manhuaçu, chamou a atenção de comerciantes que acionaram a Polícia Militar. Mas o que eles não sabiam era que o veículo, além de estar estacionado irregularmente, possuía placa falsa e em seu interior, a PM localizou uma barra com quase 800 gramas de crack.

>>VEJA AS FOTOS ABAIXO DESTA REPORTAGEM

De acordo com o Subtenente Washington, a polícia chegou ao local e localizou o condutor do veículo hospedado em um hotel próximo e ao solicitar sua documentação e a do veículo, ele alegou ser inabilitado e apresentou duas carteiras de identidade com nomes divergentes. “Esses detalhes chamaram a nossa atenção e após consultar o sistema informatizado da polícia e fazer a verificação de itens de identificação do veículo, constatou-se que a picape era clonada”, explica o militar.

Ainda durante revista no condutor da caminhonete, foram localizados muito dinheiro trocado em notas miúdas, ou seja, de baixo valor e uma bucha de maconha. “Realizamos também uma varredura minuciosa na Hilux e dentro do compartimento do filtro de ar encontramos uma barra de crack pesando 780 gramas”, ressalta.

Oriundo da Bahia, o suspeito, disse que a droga estava avaliada em 15 mil reais e o seu destino era o estado do Espírito Santo. “Diante das evidencias o cidadão foi preso e estamos averiguando a possível ligação do cidadão preso com traficantes de Manhuaçu”, completa.

Subtenente Washington frisou ainda a importância da denuncia por parte da comunidade, pois como neste caso, um veiculo com placa de fora chamou a atenção dos comerciantes pelo simples fato de estar estacionado de forma irregular.

O veículo foi removido ao pátio credenciado do Detran e o suspeito preso e conduzido à delegacia de Manhuaçu

Tribuna do Leste