abril 20, 2019 9:18 am

Suspeito de homicídio em lavajato de Ipatinga é preso pela PM, em Caratinga




A cobrança de uma dívida de apenas R$50,00 resultou em um homicídio na tarde desta quarta-feira, 17/04, em Ipatinga.

Pedro Henrique Gomes da Silva, de 18 anos, foi esfaqueado na barriga em um lavajato na rua Passo Fundo, no bairro Jardim Panorama, em Ipatinga, e morreu durante atendimento médico.

O suspeito do crime, Filipe Ribeiro Dias, de 20 anos, foi preso no início da noite, na rua Inácio Novaes, no bairro Salatiel, em Caratinga, durante cerco da Polícia Militar, conforme explicado por cabo Valeriano.

O que teria motivado o crime foi a dívida de um aparelho celular para Filipe, que ficou devendo para Pedro a quantia de R$ 50. A vítima do homicídio teria ido ao encontro de Filipe em seu local de trabalho, um lavajato, momento em que crime aconteceu.

O suspeito da facada, logo em seguida, fugiu e deixou a faca usada para trás. Uma equipe do Samu esteve no local, socorreu o ferido e o encaminhou ao Hospital Márcio Cunha, contudo ele não resistiu e morreu, diante da gravidade dos ferimentos.

Os policiais militares conseguiram identificar a residência do suspeito. O apartamento foi encontrado aberto e todo revirado. Uma informação anônima indicou que Filipe fugiu em uma motocicleta. O local do crime foi periciado e a faca recolhida pelos policiais.

A denúncia apontava que Filipe estava em fuga sentido a Caratinga.

O 14º Batalhão de Ipatinga informou aos colegas do 62º BPM sobre o caso. Em cerco, o jovem acabou abordado e preso. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Caratinga e a motocicleta, que estava com documento atrasado, foi recolhida ao pátio credenciado pelo Detran.

Filipe é de Caratinga, mas disse que mora há cerca de oito anos em Ipatinga. Além da motocicleta apreendida, os PMs recolheram uma chave mixa e um capacete.

Em conversa com a imprensa, Filipe confessou o crime e alegou que a vítima teria chegado, ao local onde ele trabalha, o empurrando. Ele ainda disse não estar arrependido de ter cometido o homicídio.

Manhuacu.com/com informações do Diário do Aço