abril 9, 2019 7:29 am

Câmara Itinerante: Vereadores de Manhuaçu vão até ao povo e participam de reunião do COAMMA




Se aproximar do povo. Esta é a proposta do Projeto Câmara Itinerante, realizado pelos vereadores de Manhuaçu. A primeira reunião fora da sede do Legislativo aconteceu na manhã deste domingo, 07/04, no Bairro Santana, durante reunião do COAMMA (Conselho das Associações de Moradores).

>>VEJA AS FOTOS ABAIXO DESTA REPORTAGEM

A Presidente do COAMMA, Marinês Bragança, recepcionou os parlamentares e o encontro foi conduzido pelo Presidente da Câmara, João Gonçalves Linhares Júnior “Inspetor Juninho Linhares”. Participaram os vereadores Juarez Elói, Zé Eugênio, Professor Giovanni, José Rulinha, Administrador Rodrigo, Cleber da Matinha e Cabo Ferreira.

A sessão foi aberta aos líderes comunitários para apresentar as reivindicações e o primeiro assunto foi exposto pelo Assessor Jurídico do COAMMA, Dr Moacir Guerra, que abordou sobre o Artigo 72 do Código de Posturas do município que trata das obstruções das vias e logradouros e consta em sua redação que poderão ser armados palanques, coretos e barracas provisórias nas vias e logradouros públicos, festividades religiosas, cívicas ou populares, desde que previamente autorizadas pela prefeitura. A reivindicações dos líderes comunitários é que este artigo está dificultando ou impedindo eventos como Dia das Crianças e outras festas que são realizadas nos bairros.

O impasse teve início em fevereiro, quando o COMMA decidiu realizar o carnaval de rua no Bairro São Francisco de Assis, e teve o pedido negado pela Secretaria de Fazenda. No Código de Postura cita que somente as Praças Cordovil Pinto Coelho, José Adolfo Assad, Carlos Roberto de Castro (Casa de Cultura) e praça ao lado do novo Fórum (Baixada).

REIVINDICAÇÕES

Diversas reivindicações também foram apresentadas aos vereadores como por exemplo para melhorias das quadras dos Bairros Engenho da Serra, Petrina, além de demandas existentes em Sacramento, Santo Amaro, UBS Santa Luzia, trecho da estrada de Palmeirinha e transporte escolar.

DIÁLOGO

Muitos líderes ficaram surpresos por não saberem que a sociedade pode contribuir ou opinar sobre determinados projetos de interesse coletivo e ainda terem acesso para discutirem junto aos vereadores e sugerir emendas. Para a presidente da Associação de Moradores do Bairro Santana, Ana Lúcia Juvenato, a presença dos representantes do Legislativo indo à comunidade foi fundamental, para ouvirem o clamor dos moradores. “As sugestões dadas foram acolhidas pelos vereadores. Aqui no bairro, os problemas são os mesmos e agora a gente espera que haja melhorias”, disse.

O presidente da Câmara, Inspetor Juninho Linhares disse que a Câmara Itinerante é um espaço para ouvir a sociedade que, às vezes tem dificuldade para participar das reuniões, a fim de reivindicar os seus direitos. Disse ainda que, os vereadores estão indo ao povo com o intuito de ajudar e atender os anseios da comunidade. “Quero destacar que os vereadores não têm poder da caneta. Quem tem é o Executivo, mas unidos ficamos fortes para cobrar”, ressaltou Inspetor Juninho Linhares.

A Presidente do COAMMA, Marinês Bragança, avaliou como positivo o projeto.

Assessoria de Comunicação Câmara