abril 6, 2019 10:16 am

Acusados por formação de quadrilha são presos com quatro armas de fogo em Santa Margarida




A Polícia Militar recebeu denúncia anônima nesta sexta-feira, 05/04, dando conta de que um cidadão morador do Bairro Santa Filomena, em Santa Margarida, estaria guardando diversas armas de fogo para alguns indivíduos oriundos da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Durante a verificação da denúncia o indivíduo de 47 anos foi encontrado na via pública, em plena discussão com sua companheira. Ele foi abordado e submetido à busca pessoal, entretanto nenhum material ilícito foi encontrado com ele, contudo sua companheira afirmou que ele possuía arma de fogo em casa e que ele havia guardado algumas armas de fogo para dois homens oriundos da cidade de Belo Horizonte e que estariam ficando em uma residência localizada no Bairro Santa Filomena.

Os suspeitos de 37 e 29 anos foram abordados na via pública, onde foram submetidos à busca pessoal, mas nenhum material ilícito foi encontrado com eles. Ambos informaram que são oriundos da cidade de Igarapé e que estariam em uma casa situada no Bairro Santa Filomena desde o dia 01/04.
Foram realizadas buscas na casa dos suspeitos, entretanto nenhum material ilícito foi encontrado.

Dando continuidade às diligências, foram realizadas buscas na casa do indivíduo de 47 anos, onde os militares encontraram uma mochila que estava escondida atrás do sofá, com uma garrucha de um cano, calibre 32, dois pistoletes de fabricação artesanal de alimentação antecarga, quatro cartuchos intactos calibre 38, um cartucho carregado calibre 32; um frasco contendo espoletas e uma sacola contendo esferas de chumbo. Dentro do quarto do mesmo, na gaveta de um guarda-roupas, foi encontrada uma garrucha de dois canos, calibre 38, municiada com dois cartuchos intactos.

Diante dos fatos, ele declarou que um indivíduo de 37 anos, que reside no Bairro Santa Filomena, em data pretérita, teria levado os indivíduos oriundos de Belo Horizonte até sua casa e estes pediram para ele guardar as armas de fogo e os demais materiais que foram encontrados em sua casa.

O suspeito de 37 anos foi encontrado e negou envolvimento com os outros indivíduos, entretanto, ficou clara a ligação entre eles, tendo em vista a alegações dos demais envolvidos.

Por fim a companheira do homem de 47 anos reconheceu a garrucha calibre 38 que foi encontrada dentro do guarda-roupas e disse que em data pretérita, ele utilizou a referida arma para ameaça-lá.

Durante as diligências foi constatado que há mandado de prisão em aberto para o suspeito de 37 anos, por roubos a mão armada.

Considerando a possibilidade dos suspeitos estarem envolvidos com roubos na região, como ocorreram três roubos a residências rural nos municípios de Matipó e Abre Campo, próximo à BR 262, foram feitas diligências no sentido de verificar a participação desses indivíduos nos crimes de roubo citados.

Diligências e buscas foram realizadas nas residências com atenções voltadas a objetos roubados, porém sem êxito.

Todos os envolvidos foram conduzidos para a delegacia.

Manhuacu.com/com informações da PM