março 25, 2019 7:49 am

Tentativa de homicídio pode ter motivação de ciúme




A Polícia Militar de Mutum prendeu na noite deste domingo, um homem de 57 anos, suspeito de ter desferido tiros, que atingiram Rosângela Maria de Jesus, 41 anos.

No Pronto Atendimento, a vítima contou à polícia que estava em casa, ouviu barulhos de passos próximos à sua casa e ao sair para verificar o que estava acontecendo não percebeu nada de estranho. Ao chamar o esposo identificado como Denair da Silva Belizário Júnior, 36 anos, ouviu três disparos de arma de fogo, vindos de uma parte escura do terreiro. Um dos disparos atingiu a região das axilas.

Denair da Silva contou que constantemente está tendo desavenças com o suspeito e que na última semana tentou golpeá-lo com uma faca, contudo conseguiu desarmá-lo. Também já foi agredido com um soco na face, que causou sangramento no nariz. A vítima acredita que o motivo da tentativa de homicídio e a lesão corporal tenham sido motivadas por “ciúmes” doentio, por ser amigo da amásia do acusado.

Durante levantamentos realizados pela polícia, a mulher citada disse que constantemente a vítima chamava o suspeito de “corno” e “chifrudo” e isso pode ter motivado sua ira. Durante conversa com o acusado, a polícia percebeu muitas contradições entre o suspeito e a vítima, principalmente a negativa de não existir inimizade entre ambos ou, que já tenha se desentendido com Denair da Silva.

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Manhuaçu, para as medidas necessárias pela Polícia Judiciária.

Eduardo Satil/Tribuna do Leste




no adverts for now