março 22, 2019 7:47 am

Alunos da APAE visitam a Prefeitura de Manhuaçu




Nesta quinta-feira, 21/03, Dia Internacional da Síndrome de Down, alunos da APAE Manhuaçu visitaram as novas instalações do Paço Municipal, logo pela manhã.

Animados e acompanhados por equipe de profissionais que atuam na instituição, eles visitaram os departamentos, conheceram a galeria dos ex-prefeitos e o gabinete, em visita marcada por muito calor humano e carinhosa acolhida.

As boas vindas aos visitantes foram dadas pela Chefe de Gabinete, Sandra Cerqueira, e a Secretária Municipal de Administração, Cristina Miranda. Em seguida, eles conheceram as instalações, orientados pelo servidor João Leandro, do setor de Patrimônio da Prefeitura. A Prefeita, que cumpre agenda de trabalhos em Belo Horizonte, enviou mensagem de felicitação aos educandos da APAE Manhuaçu.

As especialistas da APAE presentes à visita foram a Coordenadora do Setor de Assistência Social, Márcia Brito; Terapeuta Ocupacional Andreza Moreira, e Educadoras Sociais, Elizete Esteves e Tais Pernambuco.

Sobre a data e a síndrome

Dentre os 365 dias do ano, o 21/03 foi inteligentemente escolhido porque a Síndrome de Down é uma alteração genética no cromossomo 21, que deve ser formado por um par, mas no caso das pessoas com a síndrome, aparece com três exemplares (trissomia). A ideia surgiu na Down Syndrome Internacional, na pessoa do geneticista da Universidade de Genebra, Stylianos E. Antonorakis, e foi referendada pela Organização das Nações Unidas em seu calendário oficial.

A data visa chamar a atenção especialmente das pessoas pouco informadas sobre as capacidades das pessoas com a Síndrome de Down. Elas possuem tantas outras características quanto os demais seres humanos, ou seja, a síndrome não as define. É muito importante que todos saibam que cada pessoa com síndrome de Down também tem gostos específicos, personalidade própria e individual, habilidades e vocações distintas entre si. Portanto, devem ser evitados os ‘rótulos’. Em respeito à individualidade de qualquer ser humano, esse tipo de generalização não deve ser aplicada a qualquer grupo; nem a este, por melhor que seja a intenção de quem o faz.

Secretaria Municipal de Comunicação Social