fevereiro 1, 2019 7:48 am

Polícia Civil prende alvos da operação Hadouken




Hadouken é uma palavra japonesa cujo significado literal é “punho ondulatório”. Consiste em um ataque especial utilizado pelas personagens Ryu Hoshi, Ken Masters, Sakura Kasugano, Akuma e Gouken, da série de jogos eletrônicos Street Fighter. O termo é também conhecido como “aduguem”.

Mas em Manhuaçu esse é o nome de uma operação desencadeada pela Polícia Civil para prender três suspeitos de tentativa de homicídio no Bairro Matinha. “Esse é o desdobramento de um inquérito policial que se tornou processo judicial com a condenação de dois indivíduos por tráficos de drogas. Durante o processo uma testemunha foi coagida, após a condenação dos suspeitos foi ameaçada e no dia 23 de dezembro agredida com golpes de barra de ferro e pedaço de pau. Três agressores possuem grau de parentesco com os indivíduos presos pelo crime de tráfico. Desta forma, teve a necessidade de representação em desfavor deles para resguardar o processo principal, bem como esse novo processo de tentativa de homicídio” – explicou o delegado Henrique Matheus Rabelo, chefe das delegacias de Tóxicos e Homicídios.

A prisão dos três suspeitos aconteceu na manhã desta quinta-feira, 31. Por volta de 5h30 a equipe de investigados cercou as residências dos mesmos e efetuou as prisões. “Tudo ocorreu de forma tranquilo nas abordagens e na casa de um deles os policiais ainda encontraram uma porção de cocaína. Agora vamos dar procedimento para formalização da prisão deles” – finalizou o delegado.

De acordo com um dos investigados envolvidos na prisão dos três indivíduos, o nome Hadouken foi dado à operação por dois motivos. O primeiro deles é que um dos conduzidos tem o nome de um dos personagens do jogo eletrônico e o outro é porque, além dos objetos utilizaram para atacar, os três homens ainda desferiram socos e pontapés na vítima, mesmo depois de desmaiada. Segundo populares relataram à polícia, as agressões só sessaram porque teve intervenção de algumas pessoas.

Agora os agressores estão detidos na unidade prisional de Manhuaçu, onde aguardam o desenrolar do processo por tentativa de homicídio.

Klayrton de Souza – Tribuna do Leste




no adverts for now