janeiro 31, 2019 7:46 am

Vigilância Ambiental e ESF Bom Pastor realizam capacitação sobre a Dengue




Com o objetivo de capacitar os profissionais e aperfeiçoar o trabalho realizado, o Programa de Combate a Endemias da Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Ambiental realizou a capacitação em parceira com o ESF Bom Pastor, para os servidores da Estratégia Saúde da Família, na última sexta-feira, 25/01.

A capacitação aos profissionais visa garantir atendimento adequado em casos de suspeito das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti (dengue,zika e chikungunya). Torna-se fundamental, sobretudo o contato diário que os agentes de Endemias e agentes comunitários de saúde têm com a população.

Os agentes também realizam a orientação aos moradores durante as visitas, de que essas doenças são causadas por vírus, contra os quais ainda não existe tratamento específico. A prevenção é o melhor remédio.

Papel do Agente

Os Agentes de Endemias têm um papel importantíssimo nas ações, que são desencadeadas, a fim de reduzir os índices e riscos das doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti.

Durante as visitas, eles enfatizam sempre sobre os possíveis criadouros do mosquito existentes dentro e fora das residências, além de outros locais que precisam ser vistoriados, como estabelecimentos comerciais, hospitais, creches e condomínios.

De forma bastante criteriosa, os agentes comunitários de saúde fazem o recolhimento de pequenos recipientes inservíveis, que podem servir de criadouros ao mosquito.

Garrafas, lixo, pratinhos de plantas, pneus velhos, entre outros.

Recipientes de difícil acesso como calhas, lajes e caixas d’água são identificados durante o trabalho e, os moradores devidamente orientados quanto às medidas a serem adotadas, para ajudar na eliminação de criadouros do mosquito Aedes.

Assessoria de Comunicação SMS