janeiro 29, 2019 8:05 am

Teógenes Nazaré lança filme Sonhos Reais em Manhuaçu




Produção cinematográfica iniciada há dezessete anos foi lançada no último dia 19/01, em Manhuaçu. É o filme Sonhos Reais que, idealizado, dirigido e produzido por Teógenes Nazaré, foi registrado com uma única câmera e mobilizou mais de quinhentos artistas voluntários, moradores da cidade, no decorrer destes anos.

>>Veja as fotos abaixo na página

O lançamento ocorreu no Centro Cultural João Bracks, no centro, em especial noite de gala que reuniu grande público, atores, autoridades e público. Entre os presentes, o Juiz de Direito, Dr. Walteir José da Silva; Vereadores Jorge ‘do Ibéria’, Professor Giovani Mageste e Cleber ‘da Matinha’; Chefe de Gabinete do Município, Sandra Cerqueira; Presidente da AML, SJ de Moraes, Escritores Sebastião Fernandes e Beatriz Zappalá, entre outros acadêmicos e representantes de segmentos sociais.

As tomadas iniciais do filme ocorreram em 2002, feitas pelo cineasta Teógenes Nazaré e seu filho Mateus Portugal – o primeiro protagonista. Na época, Teógenes era repórter da TV Catuaí e produtor do programa Mão Amiga, que estimulava a prática da filantropia com o socorro às pessoas de baixa renda. As cenas foram locadas, ensaiadas e gravadas em Manhuaçu.

Para tornar o filme realidade, Teógenes teve que exercer os cargos de diretor, produtor, figurinista e músico, confeccionando figurinos e cenários, além de montar a trilha sonora.

A história gira em torno de um garoto que vivia na pele a realidade de menino de rua que, ao procurar alimento no lixão, encontrou uma velha bíblia. Em seguida, conhece um velho mendigo, ao qual relata sua vida. Após ouvi-lo, o velho lhe conta a emocionante história de José do Egito. O garoto adormece, e, daí o nome Sonhos Reais.

Teógenes se tornou um aficionado do projeto: todo o tempo ele estava lá com sua câmera VHS, testando ângulos, produzindo takes, registrando tudo, instruindo e dirigindo os figurantes voluntários para, enfim, gravar as cenas. A persistência dele se tornou fonte de inspiração para os participantes do projeto e a cada making off das gravações que se seguiram, o filme ia ganhando corpo e, durante os anos seguintes, transformou-se em realidade.

Depois de Sonhos Reais, emissoras de televisão resolveram incluir em suas programações as novelas bíblicas, que tanto sucesso fazem hoje em dia. Para traçar o roteiro, Teógenes pesquisou sobre produções bíblicas, que tem como marco histórico o filme da Paramount Os Dez Mandamentos, de Cecil B. De Mille.

‘Debrucei na pesquisa desde 2008, num trabalho extenso. Comprei várias edições de revistas sobre o tema e li muito para chegar ao roteiro final. Então fui montando o quebra-cabeça e buscando outras fontes. Foi importante o apoio da minha família, amigos, e principalmente a força de Deus’, relata Teógenes.
Antes da exibição do filme na grande tela do cinema, Padre Luis Paulo (Paróquia de Manhumirim) procedeu com o momento de oração.

Em seguida, Teógenes se pronunciou, agradecendo a todo o apoio recebido desde o início dos trabalhos de filmagem e produção. Na oportunidade, ele convidou à frente os familiares, a esposa Ana Lúcia e os filhos Matheus e Mariana; Fabrício Santos, Dângelo Labanca e Paulo Timóteo que, além de atuar, também tiveram especial dedicação e colaboração para tornar o filme realidade.

Thomaz Júnior




no adverts for now