dezembro 26, 2018 9:00 am

Mulher esfaqueia padrasto três dias após sair da cadeia




Uma tentativa de homicídio foi registrada no início da noite desta segunda-feira, 24/12, no bairro Esperança, em Caratinga.

Patricia Maria dos Santos Mendes, de 26 anos, confessou o crime para a polícia. Ela relatou que a vítima, Almiro Benedito da Silva, de 61 anos, é padrasto dela e teria tentado abusar sexualmente dela. Patricia afirmou que há dois dias, a vítima teria ido até à casa dela e tentado fazer carícias em seu corpo, e por isso, esfaqueou o padrasto para se vingar.

Ela explicou que vigiou o homem por várias horas, e aguardou quando Almiro entrou em casa, na Vila Santa Luzia. Patrícia invadiu a residência e esfaqueou o padrasto no abdômen. Almiro conseguiu pedir ajuda e foi levado para a UPA de Caratinga, onde permanece em observação.

Após esfaquear o padrasto, a mulher escondeu a faca dentro do Cemitério Municipal. Para a polícia, Patrícia premeditou o crime. A versão apresentada por ela não convenceu os militares, e gerou dúvidas até na irmã da mulher, que alegou que ambos nunca se entenderam.

Patrícia afirmou que se o homem sobreviver, tentará matar novamente. Ela deixou a prisão há apenas três dias, onde ficou aproximadamente uma semana, depois que a justiça cumpriu um mandado de prisão por envolvimento com tráfico de drogas.

Doctum TV