dezembro 14, 2018 10:10 am

Câmara de Manhuaçu presta homenagens a pessoas e instituições que se destacaram em 2018; vejas as fotos




A Câmara de Manhuaçu entregou, na noite desta quinta-feira, 13/12, os Diplomas de Honra ao Mérito, de Cidadania Honorária e Benemérita do Município e Medalhas de Mérito Legislativo as personalidades do meio político, religiosos, esportistas, militares, professores, líderes comunitários, empresas e entidades que se destacaram no ano de 2018.

>> Clique aqui e veja as fotos

A importância da sessão solene se traduz no reconhecimento do Poder Legislativo aos cidadãos e cidadãs que colaboram com o desenvolvimento de Manhuaçu, são exemplos éticos e de responsabilidade para com o próximo.
Para o Poder Legislativo, é dever reconhecer os bons exemplos, levar suas histórias ao conhecimento público, fazer deles ícones dentro de uma sociedade que ainda possui gente com valores e, sobretudo, iluminar nossa história com esses exemplos dignos de serem pensados e imitados.

A cerimônia aberta pelo Presidente da Câmara, Jorge Augusto Pereira “Jorge do Ibéria”, teve a presença dos 17 vereadores. Mais de 350 pessoas prestigiaram a sessão solene.

“Todo final de exercício há homenagens para aqueles que contribuem com a cidade. É um reconhecimento que a Câmara de Vereadores faz a esses cidadãos e cidadãs. As homenagens que foram entregues representam as mais altas honrarias concedidas pelo Poder Legislativo de Manhuaçu. Para chegar até a escolha e aprovação desses nomes, os vereadores reuniram documentação, currículos e vários outros dados para elaborar o projeto e justificar a homenagem a ser concedida”, comentou o Presidente Jorge do Ibéria.

O Diploma Honra ao Mérito é destinado a personalidades, empresas ou entidades que tenha de alguma forma, contribuído para o desenvolvimento do município, atuado de forma destacada, além de suas obrigações.

O Título de Cidadão Honorário é honraria que uma pessoa de importância recebe de alguma localidade. A pessoa agraciada passa a ser um irmão, um conterrâneo, uma pessoa da terra natal. Mesmo que um homenageado não tenha nascido ou não resida na localidade, para que se lhe conceda tal homenagem, faz-se necessário que se diga o que ele (homenageado) fez, sem visar lucros, interesses pessoais ou profissionais, em defesa do povo da localidade que lhe concedeu tal cidadania.

Assessoria de Comunicação Câmara