dezembro 6, 2018 7:27 am

Filme Sonhos Reais será lançado no cinema de Manhuaçu no dia 15 de dezembro




O único filme gravado em Manhuaçu com apenas um produtor e diretor e com mais de 500 atores voluntários, filmado com apenas uma câmera e que conta a emocionante história de José do Egito será lançado no Centro Cultural João Bracks, no dia 15 de dezembro, as 20h00. O ingresso será 1Kg de alimento não perecível.

Após 16 anos de gravação, produção e edição, o idealizador do projeto, Teógenes Nazaré, realiza o sonho que é mostrar o trabalho final aos moradores de Manhuaçu e de cidades da região. “Foi um trabalho suado, mas valeu a pena. Várias pessoas foram convidadas e todos participaram, indiferente de classe social. Gostaria da compreensão de todos, pois foi muito difícil porque não contamos com tecnologia avançada, mas espero que todos gostem da história de como foi feito este filme”, ressaltou.

O filme Sonhos Reais retrata a história bíblica de José do Egito contado a um garoto de rua. Tudo começa quando o menino ao procurar alimento no lixão da cidade, encontra uma velha bíblia e dela escuta, através de um velho mendigo a emocionante história. A partir daí, ele adormece e tudo lhe passa em sonhos.

“O garoto depara com antigo Egito onde passava por grandes transformações e conhece a dura realidade das 12 tribos de Israel”, relatou Téo.

Perguntando o que o produtor espera com o lançamento do filme, Téo respondeu: “Esperto ter realizado também os sonhos de várias pessoas que ao contribuir com o projeto, puderam se alegrar em fazer parte de uma produção cinematográfica amadora da própria cidade. Toda renda será em prol de outros projetos e de ajuda aos menos favorecidos”, salientou.

Em relação a projetos futuros, Téo também comentou: “Se for da vontade de Deus, através do fruto deste trabalho, fomentamos outros projetos cinematográficos com o mesmo objetivo”, concluiu.

Geilson Dangelo