agosto 30, 2018 8:59 am

PC de Ponte Nova desarticula quadrilha de atuação nacional




Foi desencadeada nesta quarta-feira, 29/08, a Operação SPC. A Polícia Civil de Ponte Nova desarticulou uma quadrilha de atuação nacional em empréstimos fraudulentos.
 
As prisões ocorreram em Goiânia/GO, por policiais integrantes da 5ª Delegacia Regional da Polícia Civil, com apoio da Polícia Civil de Goiás. Ainda foram apreendidos carros de luxo, joias, dinheiro e computadores.
 
De acordo com o chefe da DRPC de Ponte Nova, José Marcelo, durante a operação os "cabeças" da quadrilha foram presos.
 
Centenas de vítimas no Brasil foram identificadas. "O único estado que não identificamos vítimas foi o do Ceará. Além das prisões nós conseguimos recuperar bens, carros de luxo, joias, dinheiro e produtos de informática. Os presos e alguns veículos estão sendo trazidos para Ponte Nova. Só que é muito distante, é muita coisa, e a gente ainda não encerrou estes trabalhos.", destacou José Marcelo.
 
O chefe da DRPC de Ponte Nova, ainda acrescentou que a quadrilha era muito bem organizada e falou como ela atuava: "As pessoas entravam em contato com eles, através de call center, eles as faziam encaminhar fichas por e-mail, preenchiam cadastros e falavam que estava em aprovação. Após um certo tempo, diziam que a ficha havia sido aprovada, mas por face de uma restrição devia ser depositado um dinheiro para o seguro. E nesta do seguro é que eles lesavam as pessoas.", explicou José Marcelo.
 
Em depoimento, Everton Marcos dos Santos, um dos detidos, contou à polícia como funcionavam estes supostos empréstimos: "Os empréstimos eram fictícios. Minha função aqui era vender. Com isso eu ganho comissão de 3%. Nós contratamos este serviço (0300) por anúncio. Por mês eu tava tirando um lucro de cerca de R$ 9 mil."
 
TV Super Canal