julho 6, 2018 7:50 am

Governador assina ordem de serviço de novo prédio do HCL e anuncia recursos para Manhuaçu




O governador Fernando Pimentel assinou junto com o Provedor do Hospital César Leite, Sebastião Onofre Carvalho, a Prefeita Cici Magalhães e o deputado estadual João Magalhães ordem de serviço para a execução das obras de construção do anexo do Hospital César Leite. O ato foi nesta quinta-feira, 05/07, em Manhuaçu. Ao todo, serão investidos pelo governo cerca de R$ 5 milhões nas intervenções, que vão possibilitar a criação de cerca de 200 novos leitos. A ampliação beneficiará a população de 34 municípios da Região de Manhuaçu.
 
Atualmente, o Hospital César Leite possui 200 leitos, sendo 155 para atendimento dos pacientes SUS e 45 para conveniados e particulares. Desse número, 10 são para UTI e três intermediários. Fernando Pimentel destacou em seu discurso a importância da obra para toda a região de Manhuaçu, demanda antiga da população.
 
“Nós assinamos vários convênios aqui, mas o mais importante é o da ampliação do Hospital César Leite. Eu lembro que eu passava aqui e ver o prédio inacabado, importantíssimo para a região, me feria o coração. Agora nós conseguimos, o dinheiro está na conta e se Deus quiser com mais algum tempo nós vamos poder transformar um prédio que hoje está inacabado em um hospital, efetivamente em uma unidade operacional para a região toda”, disse.
 
Segundo Pimentel, uma obra de R$ 5 milhões pode parecer pequena “para quem está longe e não tem nenhuma sensibilidade com as angústias do dia a dia da nossa gente”. “Mas para quem está aqui, para quem precisa do hospital, para centenas de pessoas não só de Manhuaçu, mas das cidades no entorno, que precisam do socorro médico, é muito importante”, enfatizou.
 
Ainda segundo o governador, apesar de todas as dificuldades financeiras enfrentadas por essa gestão, o Governo do Estado consegue avançar nas políticas públicas devido às escolhas acertadas de escutar e atender às demandas que realmente impactam na vida do cidadão mineiro. Em contrapartida, Fernando Pimentel citou como exemplo de escolha errada a construção da Cidade Administrativa, que custou cerca de R$ 2 bilhões aos cofres públicos.
 
“Essa é uma escolha equivocada. Se tivessem ouvido a população de Minas Gerais, jamais teriam feito essa obra. Se tivessem tido a humildade de conversar com as pessoas, de percorrer as regiões, de fazer aquilo que nós fizemos com os Fóruns Regionais de Governo, esse dinheiro poderia ter sido empregado em outras coisas muito mais importantes. O que diferencia os governos não é ter ou não ter o dinheiro. Você pode ter muito dinheiro e fazer um governo de costas para a população, para o estado. Você pode ter pouco dinheiro e fazer um governo mergulhado nos problemas da população, tentando resolver, tentando melhorar. O que diferencia um governo do outro são as escolhas que você faz”, finalizou Fernando Pimentel.
 
O deputado estadual João Magalhães lembrou a importância histórica do Hospital César Leite e a relevância do empreendimento para a população. “Hoje é um dia especial não só para Manhuaçu, mas também para as dezenas de cidades que vivem aqui no nosso entorno, e que dependem da saúde e dos serviços que são oferecidos aqui em Manhuaçu. Há mais de 10 anos convivemos com um único hospital de porte na região, que é o Hospital Cesar leite, e por isso a obra será um diferencial para a cidade e região, dobrando a quantidade de leitos para atendimento”, disse. 
 
1.800.000 Para o mercado produtor
 
Durante a cerimônia, Fernando Pimentel também assinou convênio destinando R$ 1,5 milhão, por meio da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), para a construção do Mercado Municipal de Manhuaçu.
 
O objetivo é criar um espaço de entretenimento, movimentando a economia local e dando espaço para que os pequenos produtores possam vender seus produtos. O mercado também poderá receber exposições e eventos, potencializando o turismo regional. A expectativa é de que cerca de cem mil pessoas sejam atendidas com o empreendimento. Além dos recursos do Governo do Estado, o município participará da obra com aporte de recursos da ordem de R$ 387 mil.
 
A iniciativa da construção do espaço integra o projeto Mercados de Minas, que propõe revitalizar, construir e reformar mercados públicos municipais mineiros. A ação envolve a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), em parceria com a Codemge e o Sebrae.
 
Para a prefeita da cidade de Manhuaçu, Cici Magalhães, os investimentos anunciados hoje serão um diferencial para setores estratégicos do município, melhorando a saúde e dinamizando a economia da região.
 
“O que nós estamos realizando aqui hoje é um sonho para a população de Manhuaçu e de toda a região. São vários os anúncios, mas o Mercado Municipal vai alavancar a nossa economia local e a agricultura familiar. A agricultura familiar tem gerado muito emprego na zona rural, principalmente para as mulheres. Hoje nós temos um volume de produção muito grande e, a partir do mercado, nós vamos dar a oportunidade das pessoas venderem produtos”, disse a prefeita.
 
322 Mil para quadra em Palmeiras
 
Ainda durante a cerimônia, o governador assinou convênio, por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), para a construção de quadra poliesportiva em Palmeiras, distrito de Manhuaçu. Serão destinados R$ 250 mil na criação do espaço, que contará com alambrado, arquibancada e vestiário, incentivando a prática de esportes e o desenvolvimento social de crianças e adolescentes da comunidade. O município, a título de contrapartida, também aportará recursos para a obra no valor de R$ 72 mil.
 
120 Mil para a Darei
 
Por último, Fernando Pimentel também assinou convênio do Governo de Minas Gerais, por meio da Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig), para destinação de recursos ao Fundo da Criança e Adolescência. Ao todo, serão investidos RS 120 mil para a DAREI – Divisão de Assistência, Recuperação e Integração, em Manhuaçu. A entidade acolhe crianças de zero a 12 anos, vítimas de abandono e maus-tratos no ambiente familiar, e que estão afastadas deste convívio através de medidas protetivas por determinação da justiça.
 
Também participaram do evento o presidente da Gasmig, Pedro Magalhães, prefeitos da região, vereadores e autoridades locais.
 
Agência Minas



no adverts for now
no adverts for now