março 12, 2018 7:23 am

Idoso morre após ser mantido em cárcere privado em Manhuaçu




Pedro José de Jesus, conhecido como “Pedro Vermelho” morreu na tarde de sexta-feira, 09/03, vítima de infarto. O idoso de 63 anos havia sido mantido em cárcere privado por três dias numa residência no Bairro Santa Terezinha, sendo liberado no final da tarde de quarta-feira, foi atendido na UPA de Manhuaçu, onde recebeu atendimento médico e posteriormente ouvido pela polícia, que identifico e prendeu os autores.
 
 
Na tarde desta sexta-feira, o idoso teve complicação vindo a falecer em sua residência. De acordo com o laudo médico, a causa da morte de Pedro Vermelho foi a falta de controle do diabetes, não tomando o medicamento no período em que ficou em cárcere privado.
 
Dr. Felipe Ornelas, Delegado de Polícia Civil retificou o auto de prisão em flagrante do casal acusado de tráfico de drogas e manter Pedro José preso dentro da residência. Ainda de acordo com a Polícia Civil, a evolução do quadro do idoso ao óbito será acrescentado ao inquérito e remetido ao Ministério Público. “A morte foi por infarto decorrente da falta do medicamento por 3 dias durante o cárcere. Familiares já nos procuram nos atualizando da situação”, disse. O casal aguarda uma decisão da justiça recolhido no presídio de Manhuaçu.
 
Tribuna do Leste



no adverts for now
no adverts for now