fevereiro 15, 2018 7:54 am

Transporte para o Tratamento Fora de Domicílio é referência em Manhuaçu




Diariamente o município de Manhuaçu realiza o transporte de pacientes, para o Tratamento Fora de Domicílio. O setor fica movimentado com pessoas advindas de vinte e dois municípios, que buscam a esperança para a realização do tratamento com diversas complexidades.
 
Desde que foi criado pela Portaira No 55, de 24 de fevereiro de 1999, que dispõe sobre o Tratamento Fora de Domicílio, com inclusão de procedimentos do sistema de informações ambulatoriais do SUS, os municípios se tornaram responsáveis, considerando a importância da operacionalização de redes assistenciais de complexidade diferenciada.
 
Atualmente, o Setor atende pacientes que vão para todos os lados com garantia do atendimento através do Sistema Único de Saúde. O Tratamento Fora de Domicílio só é autorizado quando há garantia de atendimento no município de referência. Os municípios encaminham os pacientes para o atendimento de complexidade para Manhuaçu, onde é feito o agendamento em Belo Horizonte e Muriaé. De posse dos laudos é feito o encaminhamento para as localidades. Outro detalhe seguido à risca pela equipe que trabalha no Setor TFD é observar alguns detalhes, visto que, as consultas e cirurgias de alta complexidade são realizadas em Belo Horizonte, que oferece as especialidades não oferecidas em Manhuaçu pelo SUS.
 
A coordenadora do Setor de Tratamento Fora de Domicílio, Adenilza Maria da Silva explica que todos os dias a rotina começa e termina acelerada, para que todos os encaminhamentos sejam devidamente realizados. Para isso, exige dedicação dos funcionários do setor, já que muita gente fica aglomerada no local para o atendimento. Para que tudo ocorra sem prejudicar as pessoas, a equipe coordenada por Denilza Maria está sempre com muita dedicação e entusiasmo no que faz.
 
TRANSPORTE SEGURO
 
Em média, pelo menos setenta pacientes são levados para Belo Horizonte, Muriaé, Ponte Nova, Juiz de Fora, Ipatinga, Viçosa e Carangola. Para transportar os pacientes, o Setor de Transporte da Secretaria de Saúde disponibiliza um microônibus com capacidade para 19 passageiros e, mais seis veículos que todos os dias saem de Manhuaçu com pacientes para consultas e cirurgias de média e alta complexidade, além de cirurgias eletivas que são realizadas nas cidades de Santa Margarida, Abre Campo e Tarumirim. O coordenador de transporte, Renato Miranda explica que todos os carros que conduzem os pacientes atualmente, pertencem à frota da Secretaria Municipal de Saúde.“Os veículos são higienizados para proporcionar mais comodidade aos pacientes. Todos os dias saem daqui sete carros,pois, visamos uma viagem tranqüila, onde os pacientes possam se sentir confortáveis”, relata Renato Miranda.
 
Assessoria de Comunicação SMS



no adverts for now
no adverts for now