janeiro 29, 2018 11:13 am

Suspeito de contrabando é preso pela PM no bairro Coqueiro




Um homem de 36 anos foi preso pela Polícia Militar durante a madrugada do dia 29/01, no bairro Coqueiro. Aproximadamente 10 mil reais em dinheiro e várias peças de roupas sem origem comprovada foram apreendidas pela PM.
 
O autor estava conduzindo um veículo Volkswagen Golf quando foi abordado para uma verificação. Os policiais observaram que havia grande várias peças de roupas na parte traseira do veículo.
 
Durante as buscas, grande quantidade de dinheiro foi encontrada nos bolsos do abordado. Ele alegou que levava consigo a quantia de sete mil e seiscentos reais para fazer compra de roupas para revenda na cidade de São Paulo. As peças de roupas que ele transportava não tinham origem comprovada.
 
Os policiais começaram a desconfiar da versão apresentada pelo autor, pois o porta-malas do carro estava totalmente ocupado por caixas de som e não poderia transportar as mercadorias compradas.
 
As cédulas foram contadas sendo apurado o valor de dez mil setecentos e quarenta reais em notas de valores diversos. 
Também foram encontrados cheques e notas promissórias dentro do veículo.
 
Dentro do carro havia vários aparelhos celulares, com autorização do autor, os policiais verificaram o celular dele, e fotos de indivíduos exibindo objetos semelhantes a armas de fogo foram encontradas.
 
O autor disse que não possuía armas de fogo e conduziu a equipe policial até sua residência para uma verificação, onde nada de ilícito foi encontrado.
 
Durante o percurso, os policiais encontraram com o indivíduo que aparecia na fotografia exibindo a arma de fogo. O autor foi abordado e levou a equipe policial ate sua casa onde fez a entrega de uma arma de pressão, mas não autorizou realização de busca domiciliar.
 
O dono da arma de pressão disse que adquiriu o objeto de um desconhecido e não apresentou documento referente a arma que deveria estar identificada como sendo uma arma de pressão, porém não estava.
 
Policiais realizaram consulta ao sistema e constataram que o autor abordado com os 10 mil em dinheiro possuía passagem por Trafico de Drogas, Receptação e Lesão Corporal. O dono da arma de pressão também possuía passagens policiais por crimes de Furto e Roubo.
 
Os dois autores foram presos e conduzidos à delegacia com as peças de roupas, dinheiro, celulares e a arma de pressão apreendida para adoção das demais medidas.
 
Manhuacu.com/com informações da PM