janeiro 12, 2017 9:52 am

PM atende ocorrência de exploração sexual de menores e tráfico de drogas em Abre Campo




Nesta quarta-feira, 11/01, a Polícia Militar compareceu numa residência na Rua Idalino Ribeiro, bairro Usina, em Abre Campo, onde um cidadão estaria praticando exploração sexual de menores e tráfico ilícito de drogas.
 
Segundo informações, o rapaz teria expulsado o Sr. Sandro Reis Vieira, da residência onde morava. A PM compareceu no local a fim de averiguar a citada denúncia e, em contato com a proprietária da residência, Sra. Lucimar Pinto Ferreira, esta disse que não autorizou o autor a residir no imóvel, tendo o Sr. Sandro relatado que foi retirado do local contra a sua vontade.
 
Ao chegar ao local denunciado, a equipe policial visualizou o denunciado evadir pelos fundos da casa e pular uma das cercas, sendo este perseguido. No entanto, sem êxito em alcançá-lo. Ao adentrar na residência, a equipe policial deparou com quatro adolescentes do sexo feminino. Indagadas, disseram apenas que residem em Matipó, e que não estavam fazendo nada, exceto uma menor, a qual alegou namorar um outro jovem, que segundo ela, mora naquele imóvel, porém não foi encontrado. 
 
Foi procedida vistoria no interior da residência, ocasião em que foram encontrados diversos preservativos espalhados pelos cômodos do imóvel, alguns já usados, outros ainda fechados. Há de se ressaltar que as condições do interior do imóvel eram visivelmente insalubres (local inteiramente fechado e abafado, pouquíssima luminosidade, roupas íntimas e preservativos espalhados pelos cômodos, muita sujeira). Durante a vistoria, foi encontrado um aparelho celular que, segundo uma das menores, pertence ao autor, tendo ela informado que nele há arquivos pornográficos envolvendo as menores, além de cenas que sugerem a exposição delas a substâncias entorpecentes. Salienta-se que, conforme informou a própria menor, ela está grávida de três meses. Foram apreendidos no local um aparelho celular, um simulacro de punhal, a quantia de R$26,35, várias embalagens de preservativos (alguns, inclusive, já abertos), bem como um papelote contendo substância análoga à cocaína. 
 
O autor encontra-se atualmente cumprindo pena, estando no entanto, em fase de progressão de regime. Após contato telefônico com a Delegacia de Polícia Civil de plantão em Manhuaçu, a Delegada Dária Cristina Lopes Vargas deliberou pela feitura do Termo de Entrega das Menores aos membros do Conselho Tutelar, bem como Termos de Ciência e Agendamento de Compromisso e Comparecimento à Delegacia de Polícia Civil de Abre Campo, para os demais envolvidos nesta quinta-feira, 12/01.
 
Manhuacu.com/com informações da PM
 
Envie notícias, fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (33) 99906-5656